quinta-feira, 11 de fevereiro de 2010

À Porta do Forte de Tete




4 comentários:

  1. Olá Amigo Luís.
    A que fim se destinava o Forte?
    Tens alguns dados?.
    Parabéns e um abraço

    ResponderEliminar
  2. Tete foi sítio onde nunca cheguei. Esteve lá o meu irmão no DFE11, em 1970/1

    ResponderEliminar
  3. Só tinha duas coisas boas, o Hotel Zambeze ao fim da tarde e à noite cabaret à noite.
    De resto apanhei paludismo e todas as noites entre a meia noite e as 7 da manhã tinha de estar na cama.
    Luia

    ResponderEliminar
  4. Fui aqui parar uma noite, já o forte tinha sido abandonado, e eu e o Mãozinhas (falecido) depois de uma noite no Maxime fomos aterrar em cima dum monte de colchões cheios de percebejos....quando se fez dia fomo-nos lavar (e coçar) na margem do Zambeze...Tete 1973
    F Bento Ex CEFZE 251270

    ResponderEliminar